domingo, junho 17, 2012

sexta-feira, junho 01, 2012

Metamorfose





Por quantas outras mortes passaremos? Já se foram tantas em nossa vida. Desde o momento em que nascemos, já começamos a morrer. A cada fase morremos e tornamos a nascer, num ciclo que só termina com a última morte.
Como a borboleta, que vai do ovo à um adulto, passando por suas mortes nascendo em outra forma.
A cada tempo morremos para nascer novamente, e, assim, a cada metamorfose, vamos nos tornando outros, através da morte daquele que fomos um dia.