segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Serpente vs Serpente

Tudo tende para a desorganização (Teoria do Caos). Mas será que tudo deve obedecer a esta ordem? Será que minha vida está definitivamente mergulhada nesta teoria? Creio que sim. Perante tudo aquilo que me acomenta, tudo pende para o sim. Diante toda essa claridade, ainda assim, me vejo mergulhado em uma cova escura e fria, que aos poucos é coberta de terra pelo coveiro da vida[ou da morte].


Sinto como se meu túmulo já estivesse preparado, mas ninguem ainda me avisou do meu velório. Mas vejo que alguns já choram por ele e outros o abraçam com um sorriso de felicidade. Mas, coitados destes que sorriem. Não sabem do que um morto ainda vivo é capaz de fazer. Pois posso não ouvir o  barulho d suas línguas ao me açoitarem, mas posso sentir a dor da traição; posso não sentir o veneno dessas serpentes, mas não sabem elas que o meu é muito pior.


Não tenho raiva nem ódio.Simplismentetenho pena. Pena por suas almas miseráveis e sebosas, que dependem de uma máscara para poder se aproximar dos outros, mas não percebem qu essas máscaras são mais falsas que suas almas, e por estas(máscaras) são indagadas perante todos.


E a vocês minhas queridas serpentes, fica o meu voto de desprezo e que vocês sintam o próprio veneno.

Nenhum comentário: